cat-cafe-campinas-cafe-com-gato-1174x500
Café com Gato em Campinas
5 de junho de 2017
capuccino-sorocaba-cafeteria-campinas-1174x480
Café com Gato no Programa Santa Receita
25 de julho de 2017
Exibir Tudo
exposicao-de-gatos-em-sorocaba-1-1174x480

Cerca de 200 gatos roubam cena no final de semana em Sorocaba
Quebrar os estigmas de que gatos são animais individualistas e que não amam seus donos. Esse é um dos objetivos dos expositores que estarão sábado (3) e domingo (4), das 10h às 18h, no hotel Golden Park Sorocaba, na 1ª Expo Gatos Sorocaba, que deve reunir aproximadamente 200 bichanos de várias raças. De acordo com os participantes do evento, dos quais alguns são também criadores, antes de se ter um gato, independente de ser de raça ou não, é preciso avaliar que se trata de uma vida que necessita de cuidados variados, como acompanhamento veterinário, ser criado em ambiente limpo, bem como receber amor e carinho. Apesar das ações sociais, o principal objetivo da exposição é exibir o aperfeiçoamento das raças.

Alex Martins é um dos 40 expositores e dono da gata sorocabana Daruma Mika, da raça Exótico, que em outubro do ano passado, então com 3 anos de idade, venceu, em Viena, na Áustria, o título mundial na maior competição anual de beleza felina, o World Cat Show (um dos motivos pelos quais Sorocaba foi escolhida para sediar o evento). De acordo com ele a preocupação com o bem-estar do animal precisa estar em primeiro lugar, seja entre os de raças em exposições, ou entre os sem raças definidas criados domesticamente.

Criador das raças Persa e Exótico, Alex Martins faz questão de frisar que para participar de um evento como esse, devem ser levados apenas os pets de comportamento tranquilo, acostumados a esse tipo de movimentação, ressaltando que jamais são levados gatos que possam ficar estressados. Ele destaca ainda a existência de várias normas exigidas para que o evento se realize, como por exemplo inspeção veterinária, que determina, entre outras coisas, que todos os gatos estejam vacinados e microchipados.

Escolher o criador
Ainda em relação ao bem-estar animal, a também criadora das raças Persa e Exótico, Maura Andrade, que no evento levará seu gato Ravagnani Silverado Gandaf, da raça Maine Coon, de, 1,17 metro, pesando 9 quilos (a espécie se destaca pelo seu tamanho superior em relação aos de outras raças), alerta para os cuidados necessários para se adquirir um animal de raça, evitando assim que matrizes sejam judiadas por quem se diz criador mas não se preocupa com a saúde do animal.

Entre as orientações passadas por ela e por Alex, estão pesquisar o histórico do criador, e ficar atento se ele atende as exigências da Federação Internacional Felina (Fife), que determina diversas regras, como proibição de fazer propaganda em sites de anúncios em redes sociais, não fazer revenda em petshops, e a entrega dos animais apenas após terem sido castrados e microchipados, e mediante a entrega da carteira de vacinação e atestado veterinário. Alex acrescenta ainda que todas as regras existem para evitar os tais criadores de fundo de quintal, protegendo assim a saúde do pet, além de preservar a pureza das raças.

Segurança
Os dois criadores também se preocupam em confirmar se os eventuais compradores possuem imóveis telados. Fabiana Ribeiro e Jackson Santana, responsáveis pelo espaço Café com Gato, que funciona como cafeteria com gatos expostos mas sem interação com os visitantes, alertam ainda que o cuidado para evitar fugas é extremamente importante, tendo em vista inclusive que os felinos não precisam ir para as ruas para se sentirem felizes, sendo que dormem, diariamente, de 16h a 18h. No espaço, Fabiana e Jackson promovem também orientações de como cuidar dos gatos em geral.

Estigma
Outra preocupação dos amantes de gatos é por fim ao estigma de negatividade, que vai desde a ideia de que gato preto dá azar, que eles gostam da casa e não dos donos, e ainda por serem comparados a ladrões chamados de “gatunos”, e associados a conceitos errados, como por exemplo o de se fazer uma gambiarra numa instalação elétrica, cuja manobra é vulgarmente conhecida como “gato”. Segundo donos de gatos, eles são animais amorosos, e embora mais independentes que os cães, sabem ser amorosos e reconhecer todo o tratamento recebido pelo seu cuidador.

Workshops e feira de adoção fazem parte da programação
A 1ª Expo Gatos Sorocaba é organizada pela Associação Maine Coon (Amacoon) no Brasil, e pretende compartilhar ensinamentos de como cuidar dos gatos, independente de serem de raças ou não, por meio de workshops gratuitos sobre assuntos relacionados ao mundo felino com especialistas na área. A organização alerta que apenas os animais participantes do evento poderão entrar no recinto.

O evento também irá promover uma feira de adoção de gatinhos, e também ajudar as entidades Associação Abrigo Temporário de Animais Necessitados (AATan), e a Fundação Alexandra Schlumberger (FAS) com distribuição de latas ou sachês de ração para gatos que a organização pede em caráter de doação, uma vez que a entrada gratuita.

Sorocaba foi escolhida para sediar o evento pela sua localização, e também pelo fato de aqui estar aumentando a preferência por gatos como animais de estimação, devido à necessidade de espaços menores em comparação com os cães, além da gata  Daruma Mika ser sorocabana.

O hotel Golden Park Sorocaba fica no km 2,6 da rodovia José Ermírio de Moraes (Castelinho- SP-75), no bairro Iporanga.

Matéria Jornal Cruzeiro do Sul